terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Acidente na BR 230 rodovia transamazônica, próximo do km 180.

O acidente ocorreu por volta de 12h:00min desta segunda-feira (20), de acordo com informações  o condutor perdeu o controle do veículo e colidiu com uma barreira e veio a capotar.

Segundo informações  do proprietário do veículo o senhor João batista, informou  que eram três passageiros incluindo o mesmo.

E que sua esposa que estava no veículo fraturou um de seus braços e os demais passageiros teve apenas escoriações leves pelo corpo,  as vítimas foram encaminhadas para o pronto socorro municipal. 

Fonte: http://facebook.com/plantao24horasnews com informações preliminares do Sargento PM Vilmar

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Santarém-PA: Homem preso por tráfico no bairro da Floresta

Em Santarém em mais uma ação da PM por volta das 11 desta Segunda(20), após levantamento do serviço de inteligência da PM, sob o comando da Capitã. Izabel e apoio da VTR Tático Comando foi estourada uma boca de fumo no bairro da Floresta.
 
Segundo as informações no local onde foram apreendidos 80 petecas de substâncias entorpecente, aparentando ser Pasta base de cocaína. Um elemento de nome, CHARLES PICANÇO ROCHA, foi preso e foi e apresentado na UIPP da Nova República, juntamente com o material apreendido. Muitas crianças no local, Conselho Tutelar foi acionado para as providências cabíveis!
 
 
 
Fonte : Elias Júnior Notícias

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Itaituba - PA: Jovem de 19 anos é preso por ‘estupro de vulnerável.

Na noite de sábado, 11, segundo Gerlison, ele estava em frente a uma casa aonde acontecia aniversário de uma criança, quando uma menor de 12 anos apareceu e começaram a flertar; Gerlison disse que apenas de uns beijinhos, abraços na menina, mas não pensava que ela fosse menor de idade.

O fato ocorreu no residencial Wirland Freire, quadra 8 na noite de sábado por volta das 23 horas, do dia 11. A menor retornou pra sua casa quase meia noite e a mãe viu no seu pescoço “várias marcas de chupões” no pescoço da filha, questionando por onde ela andava e o que tinha feito M.N. S disse que tinha sido beijada por Gerlisson.  Denunciado na manhã de domingo dia 12 o mesmo foi preso e conduzido para a 19ª Seccional de Policia pela patrulha policial comandada pelo sargento Janio.
Em depoimento tanto Gerlinson quanto a menor negaram que tenham tido relação sexual tendo sido apenas um namoro casual. O problema é que a Policia encontrou o casal trancado dentro de um quarto enquanto levava o jovem preso a menina queria se matar com pedado de fio elétrico. Segundo Maria da Conceição, mãe da menor, a sua filha tem só lhe causado transtornos e desgostos na vida, inclusive fugindo por diversas vezes e sempre retornando pra casa com o pescoço cheio de chupões.
O caso está com o delegado Rafael que considera complicada a situação do jovem por se tratar de crime hediondo embora o acusado seja réu primário e com bons antecedentes isso não vai ajudar muito já que desde 2009 a lei mudou tornando esse crime como hediondo que pode custar entre 8 a 20 anos de cadeia além de ser inafiançável. Admitindo não poder mais cuidar da menor que é uma garota ”diabólica” tendo inclusive ameaçado a mãe com uma faca, Maria da Conceição disse que vai entregar a filha para o Conselho Tutelar e para o juiz mandá-la para o abrigo Municipal.  Essa não foi a primeira proeza da menor que toda vez que foge de casa volta com o pescoço cheio de marcas conhecido no mundo da ”Saliência como ”chupões.
A menor foi submetida a exame de conjunção carnal pelo IML para a policia saber sobre quem está mentindo ou falando a verdade nesse episódio. Todos os procedimentos legais dentro dos trâmites das leis foram feitos contra o acusado que deverá ser mandado para a cadeia pública. O acusado disse que não fazia ideia que apenas dar uns amasso e uns chupões no pescoço fosse assim considerado tão grave.
Estupro de Vulnerável: Art. 217-A. Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (catorze) anos: Pena - reclusão, de 8 (oito) a 15 (quinze) anos. Em 2009, a lei n° 12.015/2009 substituiu o conceito anterior de “presunção de violência” (também conhecido como “estupro presumido”) pelo novo conceito de “estupro de vulnerável”.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Estupro_de_vulner%C3%A1vel
Fonte: Nazareno Santos...

sábado, 11 de fevereiro de 2017

REGIÃO GARIMPEIRA HOMEM FOI ESFAQUEADO E NÃO RESISTIU O FERIMENTO E VEIO A ÓBITO

REGIÃO GARIMPEIRA HOMEM FOI ESFAQUEADO E NÃO RESISTIU O FERIMENTO E VEIO A ÓBITO

Na tarde deste Sábado (11), que por volta das 14h:00min a GUPM foi acionada de que  o nacional  Antônio Lima Silva, chegou de um garimpo próximo ao rio novo ao km20 da vila nova.
A vítima por motivo fútil foi esfaqueado pelo Acusado conhecido por “Cícero”. De acordo com informações foi feito todo o procedimentos de primeiros socorros  pela enfermeira do crepurizinho, mas infelizmente  a vítima  não resistiu os ferimentos e veio a óbito.
O acusado evadiu-se do local,  mas a polícia militar do PPD do Crepurizinho esta no encalço de captura-lo.


A QUALQUER MOMENTO MAIS INFORMAÇÕES.

Fonte: http://facebook.com/plantao24horasnews com informações da PM

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

ITAITUBA - PA: SEM TETOS ESTÃO HÁ QUASE DUAS SEMANAS OCUPANDO UM TERRENO NO KM 5, OS SEM TETOS ALEGAM QUE NÃO TEM ONDE MORAR E DECIDIRAM OCUPAR A ÁREA.

O terreno localizado entre o bairro Jardim aeroporto e o residencial Wirland Freire, estava tomado pelo mato há muitos anos.
01 (3)
02
No inicio desse mês um grupo de cerca de 600 pessoas ocupou a área que foi dividida em lotes, algumas famílias já começaram a construção dos barracos.
Patrícia Pinheiro (Presidente do Residencial Wirland Freire)
Patrícia Pinheiro (Presidente do Residencial Wirland Freire)
 
Patrícia Pinheiro (Presidente do Residencial Wirland Freire)
Para Patrícia, a ocupação do terreno serviu pelo menos para limpar a área que estava servindo de esconderijo de foragidos da policia  e deposito de roubo. Patrícia disse que um médico da cidade já se apresentou como dono do terreno mas ainda não apresentou nenhum documento aos invasores.

Fonte: https://www.facebook.com/plantao24horasnews/ com informações do Repórter Marinaldo Silva
Imagens: Weslen Reis

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

STF: Julgamentos de recursos de Cunha e Lula são novamente adiados


Os julgamentos de recursos do deputado cassado Eduardo Cunha e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que estavam na pauta do STF para esta quinta-feira (9) foram retirados da pauta logo no início da sessão plenária.
Preso desde outubro por decisão da 13ª Vara Federal de Curitiba, Cunha pede revogação da prisão, enquanto a defesa de Lula pede a anulação de investigação contra o ex-presidente na Justiça Federal em Curitiba.

O ministro Dias Toffoli presidiu a sessão do STF, na ausência justificada da presidente da Corte, Cármen Lúcia. O pai da ministra, Florival Rocha, morreu na manhã desta quinta-feira, em Espinosa (MG), aos 98 anos. Cármen viajou a Minas Gerais.
"Em razão da ausência da eminente presidente, nós realizaremos hoje, eminentes advogados e eminente vice-procurador-geral da República, o julgamento de apenas dois feitos", disse o ministro Dias Toffoli, citando dois outros processos. "Todos os demais feitos ficam retirados de pauta", disse.

Os recursos estavam na lista de processos sob relatoria do ministro Edson Fachin a serem julgados na sessão da quarta-feira, mas haviam sido retirados por falta de tempo. Com o novo adiamento nesta quinta, não há data prevista para os julgamentos.
Na reclamação 25.509, a defesa do deputado cassado Eduardo Cunha pede a anulação da prisão preventiva que lhe foi determinada pelo juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba, Sérgio Moro, em outubro passado. A prisão de Cunha, no dia 19 de outubro, se deu dentro do processo em que Cunha é acusado de receber propina de contrato de exploração de Petróleo no Bênin, na África, e usar contas na Suíça para lavar o dinheiro. Por essa investigação, Cunha se tornou réu no STF e, depois de perder o mandato e perder a prerrogativa de foro especial, se tornou réu em Curitiba. Cunha foi interrogado nesta segunda-feira (7) por Moro sobre este processo.

A defesa de Cunha alega que Moro descumpriu decisão do ministro Teori Zavascki, que havia arquivado um pedido de prisão feito pela Procuradoria-Geral da República logo após a cassação do peemedebista.
O ministro Teori Zavascki já havia negado o pedido de concessão de liminar, mas resolveu encaminhar ao julgamento da Segunda Turma do STF em dezembro. Posteriormente, sem esclarecer por que, Teori retirou o julgamento da pauta da Segunda Turma e o remeteu para o plenário. A presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, marcou para esta quarta (8). A manutenção dos itens na pauta do dia foi decidida por Fachin, que dispensou tempo extra para análise e preparação de voto.
Um outro pedido de Eduardo Cunha que estava previsto para julgamento são os embargos de declaração em relação à decisão do STF que tornou o deputado cassado réu, em junho passado, pelo mesmo caso envolvendo contas na Suíça. A defesa pede que a denúncia seja rejeitada, alegando que alguns pontos apresentados pela defesa não foram analisados pelo STF quando a Corte aceitou a denúncia.

Lula
O plenário do STF também deverá julgar um recurso apresentado pela defesa do ex-presidente Lula contra uma decisão de Teori, que determinou a remessa de investigações envolvendo o ex-presidente para o juiz federal Sérgio Moro, responsável pela condução da Lava Jato na primeira instância.
Teori invalidou parte da interceptação telefônica feita pela Lava Jato, envolvendo Lula e a ex-presidente Dilma Rousseff, por considerá-la ilegal, mas para a defesa de Lula, o ministro deveria ter ido além. Os advogados do petista também pedem que o caso seja remetido para o Ministério Público, com o intuito de investigar a conduta de Moro. Com informações do Estadão Conteúdo.

Fonte: noticiasaominuto

Caseiro de Fazenda é morto em assalto na BR 163

Caseiro de Fazenda é morto em assalto na BR 163
Em Santarém noite cheia de Ocorrências registradas pela PM, em uma delas por volta de 22 :30 horas na fazenda conhecida como “Boa Safra”, de propriedade do do senhor Roberto Massafra. A fazenda localizada na BR 163, Km 61.
Segundo as informações da policia , três bandidos adentraram à fazenda, armados, e ao roubar a residência do caseiro de nome Paulino Alves da Silva, de 40 anos  de idade, efetuaram um disparo que acertou o rosto da vítima, que veio a óbito no local.
Os bandidos ainda  amarraram A esposa, filho e alguns parentes  deixados no quarto da casa, eles foram encontrado pelo gerente da fazenda, de apelido “Tampinha”.
Os bandidos levaram cerca de 10 mil reais e uma espingarda, fugindo em um pálio branco, modelo antigo e lateral amassada.
O supervisor Capitão Cláudio esteve no local e  acompanhou o Ten Cel Maués, CMT do 3ºBPM, até o local do sinistro, juntamente com VTR 0318, do 5º Pelotão da cidade de  Belterra, onde foram colhidas as informações iniciais.A Policia investiga o caso, o IML foi acionado para o local para remover o corpo da vitima.
 
Fonte : Elias Junior Noticias

O GERENTE DE LOGÍSTICAS DA OURO MINAS DEU UMA ENTREVISTA COLETIVA SOBRE A OPERAÇÃO DA POLICIA FEDERAL REALIZADA NA EMPRESA EM ITAITUBA.


A policia federal fiou mais de 4 horas dentro do prédio da Ouro Minas em Itaituba, durante todo esse tempo vasculhou documentos, computadores ouviu os funcionários da empresa.
 Gonçalves Ouro Minas Itaituba
Já no final da tarde desta quarta-feira o gerente de logística convocou a imprensa para uma coletiva onde falou sobre a operação, segundo Raimundo Oliveira Gonçalves, o objetivo da operação foi fiscalizar se estava havendo extração, compra e transporte de ouro deforma irregular na ouro minas de Itaituba.
De acordo com o gerente, o trabalho da empresa continua normalmente após a operação da policia federal, segundo ele, não houve nenhum impedimento na atividade da compra de ouro.
Nas informações da policia federal não foi citado o nome da ouro minas, mas uma das maiores empresas do ramo de distribuição de valores, segundo Gonçalves, talvez por ser uma das maiores se tornou o principal alvo da investigação.
Gonçalves também disse que todo processo de compra de ouro feito pela Ouro minas é executado dentro da legalidade e que a empresa só compra ouro de áreas legalizadas.
Gonçalves negou que tenha sido apreendido, documentos, ouro ou dinheiro na operação realizada em Itaituba,  e disse que operação da policia federal servirá para que outras empresas procurem trabalhar na legalidade.
 Fonte: https://www.facebook.com/plantao24horasnews/ com informações do repórter Marinaldo Silva.
Imagens: Weslen Reis

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Itaituba: “De Belém” comete tentativa de homicídio na orla da cidade

Na tarde desta terça feira, 07, por volta das 16hs aconteceu uma tentativa de homicídio na orla da cidade.
 
 
Segundo informações alguns elementos estavam bebendo na orla da cidade, quando um deles identificado por: Weliton Oliveira Batista, vulgo de “Belém” de 27 anos, de posse de uma faca desferiu três facadas em; Manuel Domingos Pereira, de 56 anos, que foi socorrido pelos militares do corpo de bombeiros e levado para o Hospital Municipal. As facadas atingiram a costa e a cabeça da vitima, que deu entrada no PSM em estado delicado.
Após cometer a tentativa de homicídio; Weliton empreendeu para a Vila Caçula. Acuado pela Policia Militar o mesmo entrou na água e tentou se esconder, mas foi avistado pelos policiais que tiveram que usar uma voadeira para chegar ate ao mesmo, que foi preso e levado para a delegacia de policia. Em entrevista a nossa reportagem ele disse que a vitima teria o agredido com um soco por isso furou o mesmo, disse também que chegou em Dezembro em Itaituba. Não portava nenhum documento e não tem endereço fixo aqui na cidade, e também estava com sintomas de embriaguez ou consumiu algum produto entorpecente.
 
 FONTE: JUNIOR RIBEIRO E PM

Manifestantes e mulheres de PMs se enfrentam no ES; Exército intervém

Desde sábado, familiares impedem saída de PMs dos batalhões.
Revolta dos moradores acontece em Vitória, Guarapari e Cachoeiro.

Grupos de moradores foram até as portas de Batalhões da Polícia Militar do Espírito Santo, na tarde desta terça-feira (7), para tentar convencer as mulheres de PMs a encerrarem os protestos que impedem o policiamento das ruas. Atos desse tipo acontecem em Vitória, Guarapari e Cachoeiro de Itapemirim.
Em Vitória, o Exército precisou ir ao local para controlar a manifestação e restabelecer o trânsito. Houve confornto entre manifestantes e o Exército usou gás de pimenta para acabar com o tumulto. Além disso, um mortorista tentou passar pela multidão e foi abordado por soldados armados. O homem é um policial, que estava à paisana. Ele apresentou o distintivo e foi liberado.
Manifestantes colocaram fogo em pneus e chegaram a  interditar os dois sentidos da Avenida Maruípe nesta tarde.
A Secretaria de Estado de Segurança Pública do Espírito Santo (Sesp) foi questionada sobre a estimativa de número de manifestantes, mas não respondeu. Em Vitória, uma das organizadoras do protesto de moradores estima que 200 pessoas participam do ato.
Soldados do Exército atuam em protesto em Vitória (Foto: Wilton Junior/Estadão Conteúdo)
Soldados do Exército atuam em protesto em Vitória (Foto: Wilton Junior/Estadão Conteúdo)
 
CRISE NO ES - Sem PM, estado tem onda de crimes
Desde sábado, familiares dos PMs – a maioria mulheres – protestam em frente aos batalhões impedindo a saída dos militares. Os manifestantes pedem reajuste salarial e melhorias na carreira; entenda.
Sem a polícia nas ruas, uma onda de crimes tomou conta da Grande Vitória e de cidades do interior onde os protestos também acontecem.
Nesta terça, grupos de moradores decidiram ir até o 10º Batalhão, em Guarapari, o 9º Batalhão, em Cachoeiro de Itapemirim, e o Quartel de Maruípe, em Vitória, para convencer os manifestantes a desobstruírem as unidades. Eles querem a volta do policiamento e pedem mais segurança.
Vitória
Em Vitória, um grupo fechou a avenida Maruípe, em frente ao quartel. Os manifestantes também querem o fim do ato dos familiares de PMs e a volta do policiamento nas ruas. Eles colocaram fogo em pneus e impediram a passagem dos veículos. Homens do Exército chegaram ao local para controlar o protesto.
“Os policiais precisam ir para a rua trabalhar. Ninguém aguenta mais. É escola fechada, posto fechado, supermercado assaltado, pessoas sendo assaltadas, sendo mortas e agredidas. Nem que seja 10%, 20% [do efetivo], nós queremos eles na rua”, disse a vendedora Luciana Rafael.
Fonte: http://g1.globo.com